Municípios têm até dia 18 para apresentar custos no transporte escolar de sexta aula
17/11/2021 - 15:03

Os municípios devem protocolar até o próximo dia 18, nos Núcleos Regionais de Educação, a previsão de custos extras do transporte escolar devido à implantação da sexta aula que será incluída a partir de fevereiro de 2022. A medida foi tomada em reunião virtual entre o Instituto Fundepar, Secretaria de Estado da Educação e do Esporte e Associação dos Municípios do Paraná (AMP) realizada no início de novembro.


A Secretaria da Educação apresentou duas propostas para implantação da sexta aula para o ensino médio – conforme determinação da Lei 13415/2017. Ambas buscam reduzir os custos do impacto da sexta aula no transporte escolar para os municípios. A escolha cabe aos gestores municipais.


A previsão dos custos com o número de estudantes que devem ser transportados pelos municípios será analisada pelo Instituto Fundepar para o repasse que será feito com o início do ano letivo de 2022.


O diretor-presidente da Fundepar, Marcelo Pimentel Bueno destacou também a determinação do presidente da AMP e prefeito de Jesuítas, Júnior Weiller, para conseguir melhor atender essa solicitação da Secretaria da Educação. “Estamos em constante diálogo com os municípios para garantir que os dados apresentados contribuam para atendermos a legislação com qualidade”, comentou.


Uma nova reunião entre a Secretaria da Educação, Fundepar e AMP para dar continuidade às tratativas está agendada para as próximas semanas. O evento também contará com a participação de dirigentes das 19 associações regionais de municípios existentes no Paraná.

Últimas Notícias