Conselho do Paranaeducação aprova plano de ação 2022
01/12/2021 - 15:47

O Conselho de Administração do Paranaeducação aprovou nesta terça-feira (30) o Plano de Ação Estratégica para o Exercício de 2022, em reunião realizada por vídeo, que estabelece propostas de atuação para auxiliar na gestão do sistema educacional do Estado, além de buscar iniciativas voltadas à área cultural.

O orçamento inicial para o ano que vem é de cerca de R$ 35 milhões, em parceria com a Secretaria de Educação e do Esporte e com o Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional – Fundepar. “A definição do plano de ações, que reforça o compromisso da missão do Paranaeducação em oferecer o apoio técnico necessário à educação estadual, estabelece pontos importantes de atuação para 2022”, explicou o diretor-presidente da Fundepar, Marcelo Pimentel Bueno, que também é presidente do conselho.

O superintendente da Paranaeducação, Claudio Palozi, reforçou a importância do papel dos conselheiros para a atuação da entidade. “As sábias orientações apresentadas pelos conselheiros, extremamente comprometidos, refletem nas decisões da gestão administrativa que são fundamentais para atendermos as demandas existentes na educação”, comentou.

Entre as propostas para 2022 estão: a possibilidade ampliar as atividades do Programa Mãos Amigas para outras regionais de ensino, o reforço da atuação nos serviços de engenharia e arquitetura, a reativação do Museu da Escola Paranaense, a modernização do Parque da Ciência, a atualização de informações sobre a estrutura física das escolas estaduais e oferta de cursos de aperfeiçoamento a servidores.

Outro ponto abordado durante a reunião foi a conclusão do processo seletivo realizado pelo Paranaeducação visando à ampliação dos quadros de engenharia e arquitetura. Os profissionais selecionados devem ser chamados já no início de 2022.

CULTURA – O superintendente Palozi ainda destacou que a Lei Federal de Incentivo à Cultura (8.313 /91), também conhecida como Lei Rouanet, não sofreu alterações para a captação de recursos. A proposta é incentivar investimentos para restauração de prédios tombados pelo patrimônio histórico e para a construção de centros culturais comunitários em municípios com até 100 mil habitantes. A lei se baseia em um mecanismo de desoneração fiscal junto ao Imposto de Renda.

CONSELHO –É um órgão deliberativo, normativo, de consulta e controle, que zela pela missão institucional, compromissos, diretrizes e objetivos da Paranaeducação. É composto de cinco membros natos: Secretaria da Educação e do Esporte, Secretaria da Fazenda, Secretaria do Planejamento e Coordenação Geral, Secretaria da Administração e Previdência, Conselho Estadual de Educação, e sete efetivos: Fundepar, Ministério da Educação, Federação das Associações Patronais do Paraná, Federação das Associações de Pais, Mestres e Funcionários das Escolas Públicas do Paraná, Associação Paranaense das Instituições de Ensino Superior Público, União dos Dirigentes Municipais de Educação do Paraná e Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Paraná.

PARANAEDUCAÇÃO – É uma entidade jurídica de direito privado, de serviço social autônomo, sem fins lucrativos, de interesse coletivo, que auxilia na gestão do sistema estadual de ensino do Paraná. Atua na assistência institucional, técnico-científica, administrativa, de infraestrutura em educação, pedagógica, da aplicação de recursos orçamentários destinados pelo Governo do Estado. Também contribui na captação e gerenciamento de recursos de entes públicos e particulares nacionais e internacionais.

Últimas Notícias